terça-feira, 5 de maio de 2009

Sonhos de Modernidade



Sonhos de Modernidade
Comia um sonho de padaria
com aquele creme quente.
Esperando calmo, sofria
alcancei certezas na mente.

Nos avanços da tecnologia
em velocidade de remetente.
Pelo vento se noticia
a medicina para os doentes.

Cômodo, sem gosto Fast food
fruto da criatividade comercial.
Atual mundo veloz e rude

Jogos de botão pelo o virtual.
Moderno fui o quê pude
sem negar os sonhos ao final.

Gustavo Moura Brasil


2 comentários:

Anônimo,  9 de setembro de 2009 19:55  

Oi Gustavo!
Amei suas poesias!
E esse blog tá muito maneiro!
Bjaum primo!
Gabriela :)

Anônimo,  9 de setembro de 2009 19:57  

Ah primo,
qndo der visite o meu blog, ok?
http://gabifaria.blogspot.com
Bjaum! :)
Gabriela

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO